Dedos finos e mãos transparentes

Disponibilidade: Sem estoque

R$29,00

Dedos finos e mãos transparentes

Sinopse

O segundo livro de poemas, Dedos finos e mãos transparentes (2005), do poeta Carlos Cardoso, é uma confirmação de seu ofício na literatura brasileira através de um olhar sensível ao cotidiano e a produção literária contemporânea. “A beleza alucinatória de seus achados poéticos” – como destacou Carlito Azevedo a respeito da originalidade da poética de Carlos Cardoso em sua estreia – abre espaço para imagens mais delicadas, sem perder “a fúria motriz das imagens alucinadas”. O poeta volta a atenção para o cuidado com os versos, trabalhando a sutileza da escolha de cada palavra, aliada a ousadia de seguir adiante: “vá à ponta de um abismo, / crie coragem, respire fundo, e dê um salto”. É, justamente, a coragem de dar um salto em sua própria linguagem que o poeta busca neste livro, para abrir novas janelas em sua trajetória.

Áudio

Em Dedos finos e mãos transparentes encontramos um mundo de sutilezas e sensações cotidianas , viscerais e inesperadas, que nos tocam por sua extrema simplicidade. Ampliando as possibilidades poéticas exploradas em Sol descalço, o poeta opta agora por trangressões delicadas; em seus poemas encontramos desde a  memória como porta de escape à fusão amorosa dos corpos, até a presença do acaso como sinal do maravilhoso no banal, a amplitude da natureza ou a reclusão dentro do quarto.

Informação Adicional

Número de páginas 126
Ano 2005
Formato 12x21
Edição Não
Número da revista Não
ISBN 85-7577-220-1