A literatura como arquivo da ditadura brasileira

Eurídice Figueiredo

Crítica literária

Disponibilidade: Em estoque

R$45,00

A literatura como arquivo da ditadura brasileira

Sinopse

Partindo de uma leitura precisa e criteriosa de um amplo leque de obras literárias de autores brasileiros contemporâneos – com destaque para o livro "K.: o relato de uma busca", de Bernardo Kucinski – e do diálogo com autores como Paul Ricoeur, Walter Benjamin e Jacques Derrida, este novo livro de Eurídice Figueiredo se afirma como uma obra fundamental para o estudo e o entendimento dos anos da recente ditadura militar no Brasil, com a análise de um vasto conjunto de elementos – relatos jornalísticos, narrativas de testemunhos e textos literários – em torno do período ditatorial. Trata-se de uma leitura praticamente obrigatória para uma reflexão mais ampla sobre os impactos do autoritarismo político na produção cultural do país.

Informação Adicional

Número de páginas 184
Ano 2017
Formato 15,5x23cm
Edição 1ª edição
Número da revista
ISBN 978-85-421-0535-3