Uma ou outra forma de tirania

Disponibilidade: Em estoque

R$28,00

Uma ou outra forma de tirania

Sinopse

A prosa refinada de Marcos Vinícius é daquelas capazes de agradar ao leitor mais exigente: o autor domina com muita maestria a difícil arte do conto, demonstrando uma técnica e linguagem personalíssimas que envolvem o leitor na beleza de sua construção literária. Leia um trecho do livro: "Posso estar dando a impressão errônea de, a exemplo do famoso antropólogo que achava os trópicos tristes, me ter cansado em demasia das coisas. É justamente o contrário, insisto, mas no entanto, vamos percebendo, com os dezembros, passarmos de protagonistas a coadjuvantes, sem que nos seja permitido discutir com o encenador as atribuições deste novo papel; muito embora os financiamentos da montagem dependam da exclusividade dos nossos esforços. Esta ópera segue um desenredo, escrito por mão dada ao mais tirano dos hermetismos. A platéia às vezes, em restritas ocasiões, é bem verdade, gargalha contrafeita; noutras, como manda o uso vulgar, clama a cabeça do encenador. Não há remédio ou caminho alternativo."

Áudio

A prosa refinada de Marcos Vinícius é daquelas capazes de agradar ao leitor mais exigente: o autor domina com muita maestria a difícil arte do conto, demonstrando uma técnica e linguagem personalíssimas que envolvem o leitor na beleza de sua construção literária. Leia um trecho do livro: "Posso estar dando a impressão errônea de, a exemplo do famoso antropólogo que achava os trópicos tristes, me ter cansado em demasia das coisas. É justamente o contrário, insisto, mas no entanto, vamos percebendo, com os dezembros, passarmos de protagonistas a coadjuvantes, sem que nos seja permitido discutir com o encenador as atribuições deste novo papel; muito embora os financiamentos da montagem dependam da exclusividade dos nossos esforços. Esta ópera segue um desenredo, escrito por mão dada ao mais tirano dos hermetismos. A platéia às vezes, em restritas ocasiões, é bem verdade, gargalha contrafeita; noutras, como manda o uso vulgar, clama a cabeça do encenador. Não há remédio ou caminho alternativo."

Informação Adicional

Número de páginas 112
Ano 0
Formato 0x0
Edição Não
Número da revista Não
ISBN 85-7577-272-4