Coleção Rocinante

Uma coleção toda prosa

A coleção Rocinante foi iniciada em 2003, seguindo a proposta da revista Ficções: publicar o melhor da prosa ficcional brasileira, juntando novos contistas e romancistas a nomes mais consagrados. Quatro anos e cinqüenta títulos depois, a “Rocinante” pode ser considerada bem-sucedida em sua quixotesca empreitada. Teve diversas resenhas positivas na imprensa; emplacou um autor estreante entre os três melhores livros de contos de 2006 (“A hora extrema”, de Mario Araújo, finalista do Prêmio Jabuti); revelou três escritoras estreantes (Carola Saavedra, Ana Paula Maia e Verônica Stigger) que foram contratadas por grandes editoras e hoje têm seu trabalho reconhecido nacionalmente; reeditou grande parte da obra de Sonia Coutinho (escritora consagrada com participação em diversas antologias no Brasil e no exterior), e ainda apresentou traduções de autores clássicos como Rainer Maria Rilke (“Histórias do Bom Deus”), F. W. Goethe (“Novela”) e A. Tchekov (“O bispo”). Em 2007, a Rocinante moderniza seu projeto gráfico e se apresenta de cara nova, mantendo sempre a qualidade que já é sua marca registrada entre os leitores.

Itens 1 para 8 de 64 total

Direção Descendente
Página:
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5