Bravos companheiros: Comunistas e metalúrgicos no Rio de Janeiro (1945/1964)

Disponibilidade: Em estoque

R$45,00

Bravos companheiros: Comunistas e metalúrgicos no Rio de Janeiro (1945/1964)

Sinopse

Em sua análise das relações entre o PCB e o Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, no recorte temporal de 1945 a 1964, Marco Aurélio Santana não se preocupa exclusivamente em narrar uma trajetória histórica, optando por estudar a influência mútua dos órgãos sindicais e partidários. Na construção da história conjunta do partido e do sindicato, que passa por intervenções e resistências, o autor aborda questões controversas de forma inovadora, dando ênfase à ação e aos mecanismos de conquista de espaço para a implementação da linha sindical partidária.

Informação Adicional

Número de páginas 282
Ano 2012
Formato 16x23
Edição Não
Número da revista Não
ISBN 978-85-7577-864-7